[Áudio Clássico] Tape Deck cassete clássico dos anos 90, Pioneer CT W350R em pleno funcionamento aos 40 anos de idade 

Aparelhos de som vintage
Modelos dos anos 70, 80 e 90
Restauração • Conserto • Dicas • Artigos • Utilitários

Site desenvolvido e mantido pela

Home   Revista PnP   Revista PeC   Cursos e Eventos   Todos os artigos  
Boletins   Anuncie   Quer colaborar?   Dúvidas técnicas  
Inscreva-se no nosso canal no Youtube

Você está aqui: Home » Artigos sobre
Artigo (veja mais 4 artigos nesta área)

Tape Deck cassete clássico dos anos 90, Pioneer CT W350R em pleno funcionamento aos 40 anos de idade

Por Arq. Me. Iberê Moreira Campos e equipe

Estes aparelhos passaram no teste do tempo, muitos de seus concorrentes da época foram há muito para a sucata, enquanto que muitos Pioneer sobreviveram e continuam funcionando até hoje. É tudo uma questão de terem encontrado proprietários cuidados e, o mais importante, de terem passado por técnicos competentes para fazer a devida manutenção e calibração.

O exemplar mostrado no vídeo é um destes. Foi fabricado no Japão em 1991 e que tem, portanto, mais de 30 anos de idade. Ficou a maior parte desse tempo guardado num armário, o que preservou suas peças e permitiu que fosse restaurado.

Veio para nossa oficina para ser restaurado. Durante a restauração ele foi desmontado peça por peça para inspecionar, limpar e lubrificar. As borrachas foram trocadas (correias e rolos pressores). A parte eletrônica foi conferida e recalibrada. Foi deixado tal como saiu de fábrica no Japão. Ficou tudo funcionando, mostrando a qualidade dos aparelhos Pioneer fabricados naquele país.

Feitas as devidas correções, voltou a vida e surpreendeu a todos por aqui com sua performance acima da média. Bons graves, médios e agudos, som firme, nítido e alto. A reprodução apresenta bons agudos, médios e graves. A gravação fica fiel ao original, sendo que foi utilizada como fita padrão uma Maxell UD tipo I, que é a mais fácil de encontrar atualmente para comprar. Resposta de freqüência medida na gravação ficou entre 30 a 15.000 Hz. Os valores de Wow e Flutter foram medidos em 0,15 % RMS, uma ótima marca para aparelhos desta idade. A velocidade foi ajustada nos dois decks e nos dois sentidos.

Uma boa opção de compra para quem curte som vintage e tiver a sorte de encontrar um aparelho destes que esteja em condições de ser restaurado e/ou que já esteja funcionando.

Publicado em 16/12/2021 às 06:59 hs, atualizado em 16/12/2021 às 20:18 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 4 ARTIGOS SOBRE :
Tape Deck CCE CS-703 tem som de primeira linha mesmo depois de 46 anos de uso
Tape deck Pioneer CT-W404R apresentação e teste de gravação sem Dolby e com Dolby B e C
Toca discos Gradiente S-96 teve pouco uso mas precisou de uma restauração difícil para voltar à vida
Demonstração de um toca discos vinil Gradiente DD-100Q do final dos anos 70 comprado novo e que está em perfeito estado



SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da Áudio Clássico e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.