[Áudio Clássico] Tape deck Pioneer CT W504R demonstração dos recursos e funcionamento do Dolby Automático 

Aparelhos de som vintage
Modelos dos anos 70, 80 e 90
Restauração • Conserto • Dicas • Artigos • Utilitários

Site desenvolvido e mantido pela

Home
 
Artigos e dicas
 
Cálculos e dados
   
Aparelhos restaurados
 
Informações e discussões
 
Equipamentos à venda
 
Contato conosco
Inscreva-se no nosso canal no Youtube para ser notificado de novos vídeos

Você está aqui: Home » Artigos sobre
Artigo (veja mais 27 artigos nesta área)

Tape deck Pioneer CT W504R demonstração dos recursos e funcionamento do Dolby Automático

Tem três recursos interessantes:

1 - O FLEX (Frequency Level Expander) fica o tempo todo analisando o som que está sendo reproduzido e ajusta o equalizador interno para que os agudos fiquem equilibrados em relação aos demais sons. Na prática, significa que se uma fita estiver com o som abafado, com poucos agudos, com o FLEX esta fita ganhará vida nova.

2 - O AUTONR (Dolby automático) também fica analisando continuamente o som que está sendo reproduzido, e fica alternando entre nenhum Dolby, Dolby ou Dolby C. Com isto se consegue a melhor reprodução possível. Nas passagens com volume baixo, entra automaticamente o Dolby C, que oferece a maior redução de chiado. Significa que mesmo fitas gravadas sem Dolby ganharão uma grande redução de chiado, obtendo-se um som puro e nítido.

3 - O Dolby HX (High Expander) é acionado automaticamente durante a gravação. O que ele faz é ajustar continuamente o sinal de BIAS de acordo com a quantidade de agudos. Quanto mais agudos, menos BIAS e vice-versa. Com isto, é posssível gravar em altos volumes com menos distorção e com muito mais agudos do que seria obtido num deck sem o Dolby HX. De resto, é um aparelho típico da fase áurea da Pioneer. Som limpo e sem distorção, funcionamento que beira a perfeição, dentro do que é possível fazer com uma fita cassete.

Na sua faixa de preço, este aparelho tem uma ótima relação entre preço X qualidade X recursos.

Publicado em 14/12/2021 às 17:12 hs, atualizado em 05/03/2022 às 11:15 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 27 ARTIGOS SOBRE :
Som de primeira! Tape deck Gradiente C-464 - Análise, testes em laboratório e dicas para compra
Análise completa e teste em laboratório dos Tape deck Gradiente CD-2300, o “fusca” dos gravadores
Curiosidade dos anos 60 !!! Gravador K-7 Philips 2205, exemplo de boa engenharia e peças de qualidade
Tape deck Akai GX-M10 - Testando esse clássico dos anos 70! Wow & Flutter e resposta de freqüência
Tampa nova de acrílico renova o visual do toca tiscos Polyvox TD-1900 que funciona muito bem
Par De Caixas Som Gradiente Ds-78 (master 78) Ótimo Estado
Receiver Gradiente S-126 - Recursos, conexões e construção interna
Toca discos Gradiente B-25 - Demonstração dos controles e do funcionamento
Toca discos Gradiente DS-20 demonstração dos controles e do funcionamento
Tape Deck Pioneer CT-W430 - Robusto, confiável, durável e com Dolby HX para fazer gravações excelentes
Tape deck Pioneer CT W502R restaurado, veja como ficou depois que trabalhamos nele
Tape deck Polyvox CP 750 - Características, qualidades e funcionamento
Tape deck Evadin TD 551D - Testando um clássico que tem ótimo som e é extremamente robusto!
Tape Deck CCE CS-703 tem som de primeira linha mesmo depois de 46 anos de uso
Clássico dos anos 90! Tape Deck cassete Pioneer CT W350R em pleno funcionamento e com ótimo som
Tape deck Pioneer CT-W404R apresentação e teste de gravação com música
Conheça as caixas Gradiente Woofer + satélite (SW-30 e SS-30) - Tamanho pequeno mas som de qualidade
Toca Discos Polyvox TD-1900 - Uma restauração não tão difícil para um aparelho bem honesto...
Toca discos Gradiente S-96 teve pouco uso mas precisou de uma restauração difícil para voltar à vida
Demonstração Tape Deck Pìoneer CT-W703RS com Dolby S, BLE e FLEX
Tape Deck Akai CS-705D funcionando perfeitamente mesmo aos 40 anos de idade - Conheça este clássico
Toca discos vinil Gradiente DD-100Q do final dos anos 70 comprado novo e ainda em perfeito estado
Tape Deck Pioneer duplo CT-W203 voltou a funcionar depois de ficar 20 anos guardado num armário
Tape Deck Pioneer CT-W604RS com Dolby S e BLE demonstração dos recursos e funcionamento
Um sonho de consumo! Conheça um Tape Deck Gradiente CD-2500 em estado de novo
Tape deck Gradiente CD4000 finalmente funcionando depois de ficar anos num técnico que não conseguiu arrumar
Tape Deck K-7 Pioneer duplo CT-W203 - Básico sim, mas com som de 1ª linha!


  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.