[Áudio Clássico] Tape Deck Pioneer CT-W604RS com Dolby S e BLE demonstração dos recursos e funcionamento 

Aparelhos de som vintage
Modelos dos anos 70, 80 e 90
Restauração • Conserto • Dicas • Artigos • Utilitários

Site desenvolvido e mantido pela

Home
 
Artigos e dicas
 
Cálculos e dados
   
Aparelhos restaurados
 
Informações e discussões
 
Equipamentos à venda
 
Contato conosco
Inscreva-se no nosso canal no Youtube para ser notificado de novos vídeos

Você está aqui: Home » Artigos sobre
Artigo (veja mais 27 artigos nesta área)

Tape Deck Pioneer CT-W604RS com Dolby S e BLE demonstração dos recursos e funcionamento

Para tanto, o deck foi todo desmontado para limpar, lubrificar e trocar correias. A calibração da eletrônica foi conferida. Estava um pouco fora, devido ao tempo de fabricação, mas com pequenos retoques ficou exatamente de acordo com o manual de serviço da Pioneer.

Feito isto, ficou exatamente tal como saiu de fábrica nos anos 90 e, o melhor de tudo, compatível com as fitas cassete que se encontra para comprar na atualidade, sem perder a excelente reprodução que ele oferece até mesmo com fitas gravadas em outros decks há décadas.

Isto é possível devido aos recursos: - BLE - Funciona na gravação, faz a calibração automático de gravação para a fita) - FLEX - Funciona na reprodução. Quando acionado, o microprocessador do deck analisa a cada instante o som reproduzido e aumenta a quantidade de agudos de forma a compensar as perdas de fitas antigas e/ou mal gravadas. - Dolby HX - Funciona na gravação. Analisa a todo instante o sinal gravado e, em função da quantidade de agudos, ajusta automaticamente o nível do sinal de BIAS, de forma a obter uma gravação com mais agudos e com o maior volume possível, sem aumentar a distorção. - Dolby B, C e S - Devem ser acionados tanto na gravação quanto na reprodução. O Dolby, em especial, praticamente elimina todo o chiado de fita, obtendo uma reprodução comparável à dos CDs.

Este modelo da Pioneer é topo de linha, tem recursos poderosos como Dolby S (o mais avançado, porém difícil de encontrar). Tem também o sistema FLEX, que compensa a falta de agudos nas fitas velhas ou mal gravadas. O mais importante, contudo, é o sistema BLE (Bias Level Equalization) que analisa a fita que vai ser gravada e ajusta automaticamente o aparelho para obter o máximo de volume e de agudos que a fita permitir, com o mínimo de distorções e de chiados. Com o BLE até mesmo fitas velhas ou de qualidade baixa permite fazer gravações de qualidade profissional, praticamente idênticas ao som original (mesmo que seja de CD ou LP). Excelente opção para quem deseja um gravador de boa qualidade, seguramente é uma relação custo benefício bastante favorável.

Publicado em 14/12/2021 às 17:11 hs, atualizado em 05/03/2022 às 09:05 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 27 ARTIGOS SOBRE :
Som de primeira! Tape deck Gradiente C-464 - Análise, testes em laboratório e dicas para compra
Análise completa e teste em laboratório dos Tape deck Gradiente CD-2300, o “fusca” dos gravadores
Curiosidade dos anos 60 !!! Gravador K-7 Philips 2205, exemplo de boa engenharia e peças de qualidade
Tape deck Akai GX-M10 - Testando esse clássico dos anos 70! Wow & Flutter e resposta de freqüência
Tampa nova de acrílico renova o visual do toca tiscos Polyvox TD-1900 que funciona muito bem
Par De Caixas Som Gradiente Ds-78 (master 78) Ótimo Estado
Receiver Gradiente S-126 - Recursos, conexões e construção interna
Toca discos Gradiente B-25 - Demonstração dos controles e do funcionamento
Toca discos Gradiente DS-20 demonstração dos controles e do funcionamento
Tape Deck Pioneer CT-W430 - Robusto, confiável, durável e com Dolby HX para fazer gravações excelentes
Tape deck Pioneer CT W502R restaurado, veja como ficou depois que trabalhamos nele
Tape deck Polyvox CP 750 - Características, qualidades e funcionamento
Tape deck Evadin TD 551D - Testando um clássico que tem ótimo som e é extremamente robusto!
Tape Deck CCE CS-703 tem som de primeira linha mesmo depois de 46 anos de uso
Clássico dos anos 90! Tape Deck cassete Pioneer CT W350R em pleno funcionamento e com ótimo som
Tape deck Pioneer CT-W404R apresentação e teste de gravação com música
Conheça as caixas Gradiente Woofer + satélite (SW-30 e SS-30) - Tamanho pequeno mas som de qualidade
Toca Discos Polyvox TD-1900 - Uma restauração não tão difícil para um aparelho bem honesto...
Toca discos Gradiente S-96 teve pouco uso mas precisou de uma restauração difícil para voltar à vida
Demonstração Tape Deck Pìoneer CT-W703RS com Dolby S, BLE e FLEX
Tape Deck Akai CS-705D funcionando perfeitamente mesmo aos 40 anos de idade - Conheça este clássico
Toca discos vinil Gradiente DD-100Q do final dos anos 70 comprado novo e ainda em perfeito estado
Tape Deck Pioneer duplo CT-W203 voltou a funcionar depois de ficar 20 anos guardado num armário
Tape deck Pioneer CT W504R demonstração dos recursos e funcionamento do Dolby Automático
Um sonho de consumo! Conheça um Tape Deck Gradiente CD-2500 em estado de novo
Tape deck Gradiente CD4000 finalmente funcionando depois de ficar anos num técnico que não conseguiu arrumar
Tape Deck K-7 Pioneer duplo CT-W203 - Básico sim, mas com som de 1ª linha!


  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.