[Áudio Clássico] Afinal de contas, qual é a melhor marca de aparelho de som vintage? 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco
O Site | Quem somos | Contato | Cadastre-se | Apoiadores
Equipe | Perguntas freqüentes

Home   Revista PnP   Revista PeC   Cursos e Eventos   Todos os artigos  
Boletins   Anuncie   Quer colaborar?   Dúvidas técnicas  
Google

Você está aqui: Home » Artigos sobre
Artigo (veja mais 5 artigos nesta área)

Afinal de contas, qual é a melhor marca de aparelho de som vintage?

Por Arq. Me. Iberê Moreira Campos e equipe


Os técnicos de restauração de equipamentos de som vintage estão acostumados a receber esta pergunta. Para começar, repare que não falamos em “técnicos de eletrônica”), mas sim de “técnicos de restauração”. Pois bem, os técnicos de resutaração estão acostumados a serem perguntados a respeito de “qual é a melhor marca / modelo" de aparelho vintage que existe?”. Bem, se estivéssemos nos anos 70 e 80, quando se podia ir a algumas “lojas de áudio de verdade” e escolher dentre pelo menos uma dúzia de aparelhos NOVOS, essa pergunta tinha muita validade. Agora, nossa opinião seria algo próximo a dizer que o melhor aparelho vintage é “aquele que foi devidamente restaurado”, isto é, onde foi feito um serviço completo para que o aparelho chegasse num nível de “utilidade adequada”, recentemente e feito por alguém qualificado para isso.

A restauração de um tape deck, toca discos de vinil ou receiver antigo não é tarefa para amadores. Exige tempo, paciência, conhecimento técnico, fitas e aparelhos de de teste e equipamentos de laboratório. É muito diferente restaurar um aparelho antigo do que consertar um aparelho novo, conforme já mostramos em outro artigo.

Poderíamos fazer uma analogia dos aparelhos vintage com um carro. Mesmo que alguém não entenda de carros, a maioria das pessoas sabe a diferença, sem pensar muito, entre um Toyota Corolla e um Chevrolet Chevette antigo. Se eu perguntar à maioria das pessoas “qual é um carro melhor, um Corolla ou um Chevette?” a maioria das pessoas escolherá o Corolla. Isso parece ser real, mas a história pode ser bem diferente.

O Corolla pode estar parado em um depósito há 15 anos e não nunca mais foi ligado desde que foi originalmente estacionado. Ou estava em uma enchente. Ou teve um cachorro vivendo nele, ou um rato construiu uma casa no painel ou o motor foi explodido pelo “filho do proprietário falecido”, ou, ou, ou...

Por sua vez, o Chevette acabou de passar por uma oficina qualificada de automóveis, teve a compressão do motor verificada e estava dentro das especificações. Foram colocadas velas novas, o carburador foi limpo e regulado, o motor de arranque é novo, o alternador foi verificado e está em ordem, a bateria é nova, a embreagem foi substituída, o sistema de freio foi checado, foram colocadas novas capas de assento, pneus novos, novas palhetas no limpador de pára-brisa, todas as foram luzes testadas, foi trocado o óleo do motor e da transmissão, e foi feito um teste completo de direção pela cidade, partindo e parando, na rodovia em todas as velocidades. Começou com o tempo frio e, uma vez quente, recomeçou. Repetidamente. Ele está praticamente fazendo o que fazia quando era novo. E você precisa fazer uma viagem pelo país amanhã. Agora pergunto novamente: “qual é o melhor carro?”

Publicado em 25/08/2020 às 07:03 hs, atualizado em 25/08/2020 às 07:04 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 5 ARTIGOS SOBRE :
Porque o gravador cassete é o complemento ideal para um toca-discos de vinil
A lenda do “é só trocar a correia” nos tape decks à venda
Qual é a graça dos aparelhos de som vintage?
Dicas para comprar um tape deck cassete vintage
Qual é a diferença entre consertar ou restaurar um aparelho de som vintage?

 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da Áudio Clássico e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.